Atualizado 12 horas atrás

Pastor acusado de matar a esposa é levado a júri em Pinhalzinho

Valdemar dos Santos é acusado de ter matado a companheira pra ficar com o seguro de vida.


Pastor acusado de matar a esposa é levado a júri em Pinhalzinho

Pastor acusado de matar a esposa é levado a júri em Pinhalzinho

 

O pastor Valdemar dos Santos começou a ser julgado na manhã da última quinta-feira (14), no Fórum de Pinhalzinho, no Oeste catarinense, acusado de ter matado a esposa, Luciane dos Santos, de 29 anos, em dezembro de 2016. O julgamento, que terá uma pausa durante a noite, deve terminar nesta sexta (15).

 

A defesa acredita que Valdemar será inocentado devido a exames periciais feitos na vítima e no réu. Já a acusação não descarta participação de cúmplices no crime. No total, devem ser ouvidas nove testemunhas, entre acusação e defesa. O réu está preso desde o início de janeiro deste ano.

 

Na época do crime, o pastor alegou que foi sequestrado com a esposa e, depois, deixado num matagal, onde procurou por socorro. O corpo da vítima foi encontrado no município de Saudades, 12 dias depois, em 29 de dezembro, amarrado em uma árvore e com marcas de facadas.

 

Para o Ministério Público, porém, Valdemar forjou o sequestro e matou Luciane para receber um seguro de vida dela, no valor de R$ 300 mil, do qual ele era o beneficiário.

Fonte: G1/SC
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções