Atualizado 02/10/2017

Reitor da UFSC é encontrado morto em Florianópolis

Luiz Carlos Cancellier chegou a ser preso em ação da PF contra desvios na universidade

Cancellier  é investigado pela Operação Ouvidos Moucos, que apura desvio de recursos na UFSC  (Foto: Flávio Tin/ND)
Cancellier é investigado pela Operação Ouvidos Moucos, que apura desvio de recursos na UFSC (Foto: Flávio Tin/ND)

O reitor afastado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier, foi encontrado morto na manhã de hoje no Beiramar Shopping, em Florianópolis.

 

Cancellier estava afastado da instituição por determinação judicial. Ele e outras seis pessoas foram presas no dia 14 de setembro e liberadas no dia seguinte. O grupo é investigado na Operação Ouvidos Moucos, da Polícia Federal, que apura desvio de recursos em cursos de Educação a Distância oferecidos pelo programa Universidade Aberta no Brasil na UFSC.

 

Em nota, a assessoria do shopping disse que por volta das 10h30 um homem cometeu suicídio, caindo no vão central. Ele se jogou da escada do piso L4. A Polícia Militar e o Instituto Médico Legal (IML) confirmaram a identidade da vítima.

 

Conforme a chefia de gabinete da UFSC, dois pró-reitores se deslocavam na manhã de hoje para o IML. Em nota, a universidade afirmou que "pró-reitorias e secretarias da Administração Central paralisaram as atividades a partir das 11h, em função do trágico acontecimento".

Fonte: Por G1 Santa Catarina
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções