Atualizado 13/04/2018

Reforço de grife, André vive expectativa por estreia

Centroavante pode enfim ser relacionado por Renato para jogo com o Cruzeiro

(Foto: Globo Esporte)
(Foto: Globo Esporte)

A partir deste sábado, o Grêmio passa a ter a chance de utilizar seu maior reforço na temporada. O Brasileirão se inicia e, com ele, o centroavante André tem a possibilidade de vestir pela primeira vez a camisa gremista. Depois de duas semanas de treinamento com os demais colegas, o postulante a titular não terá o peso de "chegar para resolver", pelas boas atuações de Jael. Mas certamente quer iniciar com o camisa 9 a briga pela titularidade.

 

Comprado junto ao Sport por cerca de R$ 10 milhões, André treina desde o dia 26 de março no CT Luiz Carvalho. Não pode entrar em campo na fase de grupos da Libertadores e não participou da reta final do Gauchão por questões legais de inscrições. Agora, no Brasileirão, vira a principal alternativa para o ataque.

 

Em entrevista coletiva nesta quinta, o meia-atacante Alisson elogiou o novo colega. E também brincou. Disse que as "férias" do atacante encerram a partir do fim de semana.

 

"Assim como eu, o André foi muito bem recebido por todos. Até estávamos brincando no vestiário, as férias acabaram, está na hora de jogar. É um grande jogador, sabe fazer muitos gols, assim que ele puder jogar, vai nos ajudar, como foi no Sport. Ajudou o Sport com gols. Esperamos que vai entrar e nos ajudar no que todos nós buscamos nossos objetivos, que é continuar conquistando títulos", apontou Alisson.

 

Disputa com Jael

 

A boa fase de Jael, com nove participações em gols na temporada, ajuda o novo reforço. Afinal, André dará seus primeiros passos no Tricolor sem uma responsabilidade de ser o "salvador da pátria".

 

Claro que há expectativa sobre o encaixe do atacante no Grêmio. Mas não há urgência, já que o Cruel vem dado conta do recado. Na reestreia pelo Sport, ano passado, André saiu do banco e balançou as redes pela Copa do Nordeste, contra o River-Pi. Pelo Corinthians e Sporting, de Portugal, não marcou nas estreias.

 

Por outro lado, ambos irão protagonizar a disputa por vaga no setor ofensivo. Jael sai na frente, pelo rendimento nos últimos jogos, mas André tem qualidade técnica para desbancar o companheiro e iniciar um capítulo de briga por vaga a partir de suas primeiras chances.

 

"São dois jogadores bem parecidos, questão de fazer o pivô, a parede para quem vem de trás. É importante este tipo de jogador, deste estilo. Quem o professor optar, o Jael, André, Hernane, são caras que só tem a acrescentar e vão nos ajudar bastante", comentou o atacante Everton.

 

Pronto para atuar

 

Fisicamente, André está pronto. Fez quatro partidas neste ano com a camisa do Sport, antes da negociação, com dois gols marcados. A preparação física gremista buscou deixá-lo com o mesmo volume de treinamento que os demais. Falta apenas o tão falado ritmo de jogo e o entrosamento do centroavante com o restante dos companheiros.

 

"O André está totalmente integrado. Se vai durar um jogo inteiro, depende da intensidade da partida, do ritmo. Mas está totalmente apto a participar de um jogo, mas aí só o jogo vai dizer a duração. A ideia é pegar o ritmo jogando, mesmo adaptando os treinamentos, a gente consegue tirar dele intensidade mas nada é igual ao jogo", explicou o preparador físico Rogério Dias.

 

Nos treinamentos, André mostra desenvoltura. Recentemente, anotou um gol de bicicleta em uma atividade em campo reduzido e travou bons duelos pessoais com o zagueiro Kannemann, reconhecido pela forte capacidade de enfrentamento físico com os atacantes.

 

A briga, porém, será dura e deve ser gradualmente. Jael atualmente é o titular da posição e vive grande fase, seja em campo, seja com a torcida. O Grêmio deve engatar uma sequência de dois jogos com os titulares, neste sábado, contra o Cruzeiro, pelo Brasileirão, e terça, contra o Cerro Porteño, no Paraguai, pela Libertadores.

Fonte: Globo Esporte
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções