Atualizado 17/11/2017

Lideranças de Caxambu do Sul, foram até o 2° batalhão de polícia militar solicitar aumento do efetivo no município

    Na tarde da última terça-feira, dia 14, lideranças de Caxambu do Sul participaram de uma reunião no 2° BPM em Chapecó. Assistiram na reunião o Prefeito, Glauber Burtet, o Vice-Prefeito, Edi Marcos Antunes de Mello, o Presidente da Câmara de Vereadores, Osvaldo Huntemann, o líder do Governo e vereador, Ari Pompeu da Silva, a Vereadora Elizandra Santin, o Secretário de Saúde, Inédio Tomasi, o Secretário Social, Lenoir Rolim de Moura, o Administrador do Hospital, Felipe Pentz e o membro do conselho Municipal de segurança, Jânio Sadi Kulba Junior. Na ocasião as lideranças Caxambuenses foram recebidas pelo Tenente Risson.

 

    O objetivo da comitiva Caxambuense foi buscar junto ao 2° BPM o aumento do efetivo de policiais militares no Município. O problema com a falta de efetivo já vem se arrastando a anos em Caxambu do Sul e a comunidade é quem paga o preço com o aumento da violência.

 

    O Delegado de Polícia de Caxambu do Sul, Rodrigo Beckhauser, também participou do encontro e comemorou o resultado da reunião, já que com o aumento do efetivo da polícia Militar serão possíveis ações conjuntas entre Polícia Civil e Militar no Município. Operações de fiscalização em bares, abordagens e blitz’s serão intensificadas através de ações conjuntas entre polícia civil e militar. Para Beckhauser, integrar as polícias em ações específicas é um meio bastante eficiente na luta contra a criminalidade.

 

    O Prefeito, Glauber Burtet, foi quem liderou a comitiva e após a reunião, saiu satisfeito com a promessa do Tenente Risson. Segundo informações do Conselho Municipal de Segurança, atualmente das 08h até às 14h não tem atendimento da polícia militar em Caxambu do Sul, pela falta de efetivo. Porém, a partir de agora a promessa é que haverá atendimento 24h.

© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções