Atualizado 21/06/2018

França vence e garante classificação; Peru está eliminado

Mbappé marcou o gol da vitória francesa

(Foto: JORGE GUERRERO / AFP / AFP)
(Foto: JORGE GUERRERO / AFP / AFP)

A França se tornou a terceira seleção garantida com antecipação nas oitavas de final da Copa do Mundo ao derrotar o Peru nesta quinta-feira, em Ecaterimburgo. Com boa atuação no primeiro tempo, a seleção europeia confirmou o favoritismo e levou a melhor com um magro 1 a 0, gol de Mbappé. Pior para os peruanos, que estão eliminados.

 

O resultado garantiu os franceses entre os dois melhores do Grupo C da Copa. A seleção chegou aos seis pontos, dois à frente da Dinamarca, com quem brigará pela liderança da chave na última rodada, terça que vem, em Moscou. O Peru está na lanterna e tentará somar seu primeiro ponto no torneio em sua despedida, diante dos australianos, também na terça, em Sochi.

 

Se não foi brilhante, a França contou com ótima atuação de Griezmann e Mbappé na primeira etapa para garantir o triunfo. O atacante do Paris Saint-Germain se tornou o mais jovem francês da história a marcar um gol em Copas do Mundo, com 19 anos, ultrapassando Trezeguet, que tinha 20 quando balançou a rede em 1998.

 

No segundo tempo, os franceses trataram de se fechar na defesa em busca de um contra-ataque, que não saiu. Ao menos, não levaram pressão do Peru, que até tentou, mas não conseguiu criar. Titular pela primeira vez em uma Copa, Guerrero teve uma chance na etapa inicial, mas falhou. Para piorar, foi quem iniciou a jogada do gol de Mbappé ao perder a bola na defesa.

 

O início peruano, porém, foi animador. Como diante da Dinamarca, o time cumpriu a promessa de seu técnico e partiu para cima. Mas, rapidamente, os atacantes franceses encontraram espaço na defesa adversária para criar. Aos 10, Griezmann aproveitou sobra e ficou em ótimas condições, mas pegou mal e jogou para fora. Cinco minutos depois, Giroud fez bem o pivô e ajeitou para o atacante do Atlético de Madrid, que finalizou em cima de Gallese.

 

Griezmann e Mbappé encontravam muito espaço nas costas dos volantes peruanos, o que só mudou quando o time sul-americano conseguiu ficar com a posse de bola. E em sua primeira grande oportunidade, quase abriu o placar aos 30. Cueva avançou pela esquerda e tocou no meio para Guerrero, que se antecipou a Umtiti, dominou e bateu firme, mas em cima de Lloris.

 

Depois de quase dar a liderança ao Peru, Guerrero se tornou “vilão” três minutos mais tarde. Ele foi antecipado na intermediária defensiva por Pogba e gerou contra-ataque, que os franceses aproveitaram bem. Giroud foi acionado em velocidade e bateu travado por Rodríguez, mas a bola encobriu Gallese e ficou para Mbappé tocar para o gol vazio, aos 33 minutos.

 

O gol fez o Peru se lançar ao ataque, e aí a França teve ainda mais espaços para avançar. Só não marcou mais um porque a grande chance caiu nos pés errados. O lateral Hernández ficou com a bola livre na área, após grande jogada de Mbappé e Griezmann, e bateu em cima de Gallese.

 

Precisando reagir, Gareca voltou com mudanças no segundo tempo e colocou a seleção peruana para frente. Farfán entrou na vaga de Yotún e, logo na primeira participação, ajeitou para Aquino encher o pé de fora da área, na trave. Aos 16, foi Carillo quem teve liberdade para arriscar de longe e jogou por cima.

 

O Peru mantinha a posse, encurralava a França, mas não conseguia encontrar uma forma de entrar na área adversária. O desespero e o cansaço tomaram conta da seleção, que tentava em lançamentos longos e cruzamentos para a área. Na base da insistência, ainda fez uma pressão nos minutos finais, mas a zaga francesa se comportou bem e garantiu o triunfo.

Fonte: Istoe
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções