Atualizado 13/03/2018

Conheça o ambicioso projeto Da Arena do União Frederiquense

Clube de Frederico Westphalen vai estrear estádio multiuso neste domingo, em jogo pela Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho

Arena União receberá o primeiro jogo oficial neste domingo (Foto: Carol de Oliveira/União Frederiquense de Futebol)
Arena União receberá o primeiro jogo oficial neste domingo (Foto: Carol de Oliveira/União Frederiquense de Futebol)

Estádio novo, gramado com padrão Fifa, palco para shows e até marca de sorvete e picolé. Quem não conhece, pode até pensar que estamos falando de um clube com vários anos de história, localizado em uma metrópole e que disputa campeonatos nacionais há tempos. Mas essa ainda não é a realidade do União Frederiquense, de Frederico Westphalen. "Ainda" porque os planos são exatamente esses: subir regionalmente, nacionalmente e se fazer presente em cada canto da cidade de 30 mil habitantes.

 

O Leão da Colina, fundado há oito anos, está tocando a obra da nova Arena União, estádio com capacidade para 8 mil torcedores que será sua nova casa. E mais: a obra não conta com um centavo de dinheiro público e sim doação de torcedores, ajuda de empresas locais e, inclusive, nada de construtoras – a galera do clube é que está, literalmente, colocando a mão na massa, conforme o presidente Edison Cantarelli. Houve algumas campanhas para mobilizar a torcida – entre elas, uma que arrecadou cerca de 3 mil sacos de cimento.

 

Com a construção 40% concluída, neste domingo a nova arena do União vai receber o primeiro jogo oficial. E não qualquer jogo: um clássico regional contra o Passo Fundo, pela segunda rodada da Divisão de Acesso, a segunda divisão gaúcha. Até agora, foram dois amistosos no estádio, com uma vitória e um empate para o União, que não levou gols na nova casa.

 

O objetivo é alcançar a primeira divisão gaúcha em breve e, com a renda que o estádio pode dar, ampliar a estrutura do clube para que o time se estabilize na elite. Depois, foco em buscar uma vaga em Campeonato Brasileiro. Tudo isso ampliando a relação entre União e Frederico Westphalen. Para isso, há um projeto de venda de produtos licenciados – a marca União de sorvete e picolé já foi lançada e vem mais por aí. Palavras do presidente do União da Colina.

Fonte: Globo Esporte
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções